Brasil amplia negocios bilaterais com o Egito

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) esteve reunida com representantes dos Ministérios da Agricultura e do Abastecimento do Egito. Em reunião com o vice-ministro da Agricultura do Egito, Moustafa El Sayeed, o Governo brasileiro destacou a boa relação comercial do Brasil com o país africano e a disposição para melhorar o comércio de produtos agropecuários entre os dois países, a fim de atingir todo o potencial do comércio bilateral.

Os temas sanitários também estiveram na pauta da reunião. O ministro egípcio se comprometeu em manter os temas brasileiros em alta prioridade, como as análises das listas de estabelecimentos brasileiros habilitados a serem atualizadas até outubro de 2022.

O Egito é o principal destino das exportações brasileiras para a África, sendo que mais de 70% desse total é de produtos agrícolas. As exportações brasileiras do agronegócio para o Egito foram de cerca de US$ 1,6 bilhão, em média, nos últimos 10 anos.

Quatro produtos concentram quase 90% da pauta exportadora para o Egito: carne bovina in natura, carne de frango in natura, açúcar bruto e milho.

As exportações do Egito ao Brasil somaram cerca de US$ 50 milhões em 2021, sendo que azeitonas em conserva e plantas para medicina ou perfumaria representaram 65% do total.

Desde 2019, foram abertos 21 novos mercados para produtos brasileiros do agronegócio no Egito: 11 tipos de sementes, caprinos vivos, ovinos vivos, leite e produtos lácteos, miúdos bovinos, carne e produtos cárneos de aves, cortes de frango, produtos cárneos de suínos, feijão, fêmeas bovinas para reprodução e gengibre.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo