As principais mangas marítimas do Brasil

MANGA PALMER: Baixo teor de fibras, frutos entre médios e grandes, peso até 900 g, com formato alongado, fruta com coloração de casca atrativa vermelho interno transitando em sua maturação plena para o amarelado, polpa firme e com aroma e textura suave. Em sua maturação plena alcança níveis altos de açucares. SHELF LIFE: 14 A 25 DIAS – TEMPERATURA: 7 A 9 GRAUS | UMIDADE: 90% - SAZONALIDADE: o ano todo, exceto em período chuvoso. Caixas para exportação: 4 kg em papelão






MANGA KEITT: Os frutos são grandes variando até 950 a 1000 kg, formato ovalado, casca lisa com coloração esverdeada e vermelho-rosado, polpa de tom amarelo-intenso, sem fibras o que a torna suculenta ao paladar. Boa para o corte em fatias. Esta variedade de manga contém 83% de água, e apesar de seu sabor doce nos oferece poucas calorias e açúcares de fácil assimilação pelo organismo. Muito resistente para viagens. SHELF LIFE: 14 A 25 DIAS – TEMPERATURA: 7 A 9 GRAUS | UMIDADE: 90% - SAZONALIDADE: o ano todo, exceto em período chuvoso. Caixas para exportação: 4 kg em papelão


MANGA TOMMY ATKINS: Frutos de tamanho médio a grande, alto teor de fibras. Coloração de casca avermelhada com casca grossa e resistentes ao manuseio e ao transporte. A polpa apresenta textura firme e em sua maturação plena a coloração predominante transita entre amarelo e alaranjado, sabor agradável e doce. Tem teor médio de fibras e seu sabor é menos intenso, com 16º Brix. Sua vantagem é ser mais resistente e ter maior vida de prateleira. SHELF LIFE: 14 A 25 DIAS – TEMPERATURA: 7 A 9 GRAUS | UMIDADE: 90% - SAZONALIDADE: o ano todo, exceto em período chuvoso. Caixas para exportação: 4 kg em papelão.


MANGA KENT: É um fruto grande (tem geralmente entre 500g e 1kg), quase nenhuma fibra e é muito doce, com 20.1º Brix. A polpa representa 62% do fruto. É a “manga que se come de colher”, por ter tão pouca fibra. SHELF LIFE: 14 A 25 DIAS – TEMPERATURA: 7 A 9 GRAUS | UMIDADE: 90% - SAZONALIDADE: o melhor período de produção é de setembro a dezembro; mas pode ser colhida em outros meses em menor quantidade; exceto em período chuvoso. Caixas para exportação: 4 kg em papelão.



4 visualizações0 comentário